Remo Brasil

SITE OFICIAL DA CONFEDERAÇÃO
BRASILEIRA DE REMO

Remo Internacional

III Copa do Mundo de Poznan traz resultado histórico para o remo brasileiro


Entre os dias 14 e 16 de junho, aconteceu em Poznan, na Polônia, a III Etapa da Copa do Mundo de Remo, promovida pela World Rowing. O Campeonato anual sempre é dividido em três fases e, este ano, os nossos representantes olímpicos, Luvas Verthein e Beatriz Tavares, participaram do evento.

Lucas top 6Bia top 11 e 12
 
Nossos atletas ficaram na Europa após a segunda etapa da Copa do Mundo, realizada em Lucena no final do mês de maio, fazendo seus treinamentos em Gavirate na Itália, e, de lá, seguiram para a Polônia. Esta temporada estava prevista como preparação dos remadores brasileiros para a Paris 2024. A intenção é aumentar o preparo e dar condições ideias para Bia e Lucas para a prática do Remo.

Os brasileiros já mostraram resultados desta temporada na Itália. Beatriz Tavares, que terminou a segunda etapa da Copa do Mundo na final C, colocou seu barco na final B e a décima mais rápida do mundo na prova que vai nos representar nas Olimpíadas, o single skiff feminino(1xW). Já Lucas Verthein, único atleta brasileiro que competiu nas três fases das Copas do Mundo em 2024, confirmou sua evolução e, porque é, o número um do ranking brasileiro da atualidade.

Lucas chegou à final A do single skiff masculino(1xM), melhor resultado brasileiro na história da prova em Mundiais em Copas do Mundo. Pela primeira vez, chegamos à grande final da prova em que o nosso atleta vai remar em Paris. O remador brasileiro terminou a competição em sexto geral, o que mostra uma grande evolução desde o início da temporada.

A próxima grande competição de nossos atletas são os Jogos Olímpicos de Paris 2024. Lucas e Bia ainda têm muitos quilômetros a serem percorridos e muitas horas de treinamentos, mas sabemos que eles estarão preparados para nos representar muito bem e dar o seu melhor na maior competição multi-esportiva do planeta!

Nos vemos em Paris!

II Copa do Mundo: Lucas Verthein, Bia Tavares e Claudia Santos competem no último evento internacional antes de Paris 2024


Os nossos representantes olímpicos em Paris 2024 e a nossa penta representante paralímpica Claudia Santos competiram no Lago Rotsee, em Lucerna, no final do mês de maio, pela segunda Copa do Mundo de Remo, organizada pela World Rowing. A competição é o último compromisso internacional da para-atleta brasileira antes dos Jogos que acontecem na capital francesa.

Os atletas olímpicos brasileiros, Lucas Verthein e Beatriz Tavares seguem treinando em temporada na europa para competir na terceira etapa da Copa do Mundo, realizada entre os dias 14 e 16 de junho em Poznan.

II Copa do Mundo - meninas 9

Claudia Santos, a Claudinha, foi a brasileira melhor classificada. A remadora competiu no 1xW PR1 e conquistou sua vaga para a final A na repescagem, terminando a competição em sexto lugar geral. A Copa do Mundo serviu para a atleta ajustar seus treinamentos e planos para as Paralimpiadas que acontecem entre os dias 28 de julho e 8 de setembro.

Os remadores do quatro com o timoneiro PR3 Misto, que carimbaram o seu passaporte para Paris na última regata qualificatória para os Jogos Paralímpicos, que aconteceu uma semana antes, também na Suiça, se juntam à Claudinha para nos representar e muito bem na capital francesa!

Já os nossos representantes nos Jogos Olímpicos terminaram a II Copa do Mundo na final C do evento. Lucas Verthein chegou em primeiro em sua final no 1xM, levando o décimo terceiro lugar geral e Bia Tavares conquistou o terceiro lugar na sua prova, terminando em décimo quinto no 1xW. Os dois barcos, dessa competição,  serão os que os brasileiros irão remar em Paris 2024 e, assim como Claudinha, a colocação final dos nossos atletas serve de aprendizado para ajustar barcos, estrategias e treinamentos até os Jogos de Paris.

As olimpíadas acontecem entre os dias 26 de julho e 11 de agosto em Paris, capital francesa. As provas de remo vão ser realizadas no National Olympic Nautical Stadium of Île-de-France em Vaires-sur-Marne. Vale toda a sua torcida por nossos atletas e para-atletas no maior evento esportivo do mundo!

REMO COSTAL: Seleção Brasileira dá show na III Copa América em Lima, Peru


A Seleção Brasileira deu um verdadeiro show na Copa America de Remo Costal, organizada pela World Rowing, realizada entre os dias 23 e 28 de abril na praia de Chorrillos, no Peru. A competição reúne todos os países das Américas e está em sua terceira edição. Os nossos seis atletas embarcaram para Lima e competiram em três provas de Beach Sprint e cinco provas de Endurance.

para o site 03

BEACH SPRINT: A primeira modalidade do evento foi o Beach Sprint, que terá sua estreia em Jogos Olímpicos em Los Angeles 2028. Os nossos atletas no double misto (C2xMix) foram muito bem, conquistando a medalha de prata. Fernanda Nunes (Vasco) e Pedro Henrique Ferreira (Botafogo), em uma nova formação de barco, enfrentaram os adversários e chegaram brigando pela medalha de ouro.

A nossa representante do single skiff feminino (C1xW), Kissya Cataldo (Botafogo), também brigou por medalha, mas terminou em um honroso quarto lugar em sua primeira competição de Remo Costal. Já no single skiff masculino (C1xM), foi a vez de David Farias defender as cores da Seleção Brasileira. Depois de uma prova muito difícil, o nosso atleta ficou nas quartas de finais.

III Copa America Beach Sprint 28

ENDURANCE: O Beach Sprint é uma regata de velocidade, onde os remadores largam e chegam no mesmo ponto da praia. São 500 metros de percurso ao todo, onde o atleta larga correndo na areia, entra no barco, rema 250 metros e tem que retornar em uma boia no meio do mar e voltar para a areia e correr novamente até a chegada. Vale toda a explosão muscular e força física.

A Copa America, após as finais do Beach Sprint, passou para a segunda modalidade de Remo Costal: O Endurance ou Travessia. Essas provas foram divididas em dois dias: O primeiro dia com provas de 6k (seis quilômetros) e o segundo dia com provas de 23k (vinte e três quilômetros). Essas provas acontecem em mar aberto e os barcos são os maiores do Costal: o four skiff (C4x). Por ser um percurso muito longo, todos os barcos contam com o comando de um timoneiro em suas equipes.

No primeiro dia do Endurance, a Seleção foi em duas provas. Logo na primeira final do dia, começamos muito bem! Conquistamos o bronze no four skiff misto(C4xMix+), formado por: Barbara Santos (Paysandu), Fernanda Nunes, David de Souza, Pedro Henrique e Vangelys Reinke(Flamengo), voltando de lesão e cirurgia, como timoneiro.

Na segunda final do Endurance 6k, com barco do Brasil, fomos em uma embarcação mista com um atleta do Peru. Os remadores David Farias, Vangelys Reinke, Pedro Henrique e Barbara Santos, como timoneira, trouxeram o primeiro ouro para o Brasil. Aliás, depois dessa prova, só conquistamos medalhas de ouro até o final da competição.

III copa america 25

No último da III Copa America de Remo Costal, o mais longo dos desafios: o Endurance 23k. Nossos remadores, mais uma vez, foram em duas provas e deram um show nas águas peruanas. A nossa representante nos Jogos do Rio 2016, Fernanda Nunes, mostrou que está muito bem adaptada ao Costal e conquistou uma medalha de ouro no four skiff feminino(C4xW+) com outras atletas norte-americanas.

Já a última prova da competição, com representantes brasileiros, é o four skiff masculino (C4xM+), outro show de nossos atletas. O trio parada dura do costal: David Farias, Pedro Henrique e Vangelys Pereira, comandados por ela: Barbara Santos, timoneira, com mais um atleta do México, conquistaram o lugar mais alto pódio, trazendo mais uma medalha dourada!

A III Copa America de Remo Costal vai deixar saudades! Esta foi a competição da modalidade em que mais conquistamos medalhas de ouro e fomos com o maior número de atletas: seis no total. Parabéns aos nossos atletas que nos representam tão bem!

Remo Costal: Seleção Brasileira está no Peru para a III Copa America de Beach Sprint e Endurance


Hoje (23) começa a III Copa America de Remo Costal. A seleção brasileira está no Peru, na praia de Chorrillos, para defender as cores do Brasil em provas de Beach Sprint e Endurance. Os atletas David Souza (Flamengo), Kissya Cataldo (Botafogo), Pedro Henrique de Souza Pereira (Botafogo) e a olímpica Fernanda Nunes (Vasco) vão estar brigando por medalhas nesta III Copa America. Vale a sua torcida!

embarque III Copa America Costal  1

O evento é dividido em três tipos de competição. A primeira é o Beach Sprint que acontece entre os dias 22 e 23 de abril. Esta modalidade de Costal foi incluída no programa olímpico dos Jogos de Los Angeles em 2028. A prova começa com uma corrida dos competidores até o barco, que se encontra na água. As eliminatórias são no formato de Time Trial, e as finais em dead heats entre duas equipes. O percurso é dividido entre a ida até a boia de 250 metros em slalom e a volta em linha reta. A chegada é muito similar à saída, onde o remador sai do barco e corre na areia até a linha de chegada.

O Beach Sprint por ser uma prova de velocidade, os barcos são menores e não contam com timoneiro. São eles: C1x, C2x. Ainda existe a possibilidade de as equipes serem mistas (metade de cada gênero). Algumas provas ainda contam com a transição entre remadores. Onde o primeiro atleta passa o barco para o segundo atleta da mesma equipe.

A segunda parte é a Travessia ou Endurance de 6k e 23k, esta modalidade de Costal acontece em alto mar. O percurso é definido por bóias de pontos de checagem e de retorno. Nesta modalidade, quanto mais vento e ondas, melhor. A competição acontece na baía de Chorrillos em frente às instalações da Sede do Clube de Regatas Lima.

A travessia de 6 quilômetros conta com os barcos C1x, C2x, C4x (os dois últimos podem ter timoneiro) e a Travessia de 23k conta apenas com os barcos maiores: C4x+, podendo a equipe ser mista ou não. Assim como no olímpico, o símbolo "+" pode ser encontrado ao lado de alguns barcos, isso significa que este tipo de embarcação conta com o timoneiro.

Lucas Verthein entre os dez melhores remadores na I Copa do Mundo.


Remo brasileiro tem muito o que comemorar neste início de ano! Após classificar dois barcos para os Jogos Olímpicos de Paris na Regata de Qualificação Continental, realizada na Lagoa Rodrigo de Freitas em março deste ano, e os bons resultados no Sul- Americano Unificado da CSAR, Lucas Verthein é o nono melhor do mundo na I Copa do Mundo, realizada em Varese, Itália.

Lucas para site

O brasileiro deu show em águas italianas, remou firme e por muito pouco não passou em sua semifinal para a final A da competição. A prova de Lucas, o single skiff masculino (M1X), foi a prova com o maior número de inscritos: 30! O atleta passou muito bem em terceiro em sua eliminatória e foi direto para as quartas de final, onde passou em segundo, só perdendo para o campeão mundial, o alemão Oliver Zeidler.

Nas semifinais, o nosso remador chegou em quarto, a menos de um segundo do terceiro colocado, o belga Tim Brys, seguindo assim para a FInal B. Lucas mostrou uma evolução e maturidade de raia imensa, em comparação aos seus resultados na mesma competição na temporada do ano passado. Em 2023, Lucas chegou em décimo terceiro geral, primeiro da final C.

Lucas Verthein demonstra que sua evolução não para e que o remador do Brasil vai nos dar muitas alegrias na temporada de 2024. O atleta, que trouxe uma medalha inédita para o Brasil nos Jogos de Santiago 2023 e  quebrando um jejum de 36 anos, começa 2024 em alta: carimbando seu passaporte para Paris, adicionando mais duas medalhas de ouro em Jogos sul- americanos no seu histórico e termina a I Copa do Mundo em terceiro na final B, nono lugar geral.

Nosso remador já deu provas suficientes de que está remando entre os melhores do mundo, no mais alto nível. A próxima competição internacional de Lucas será a II Copa do Mundo de Lucerna, na Suíça, no final do mês de maio. Contamos com a sua torcida!

Nota de Pesar: Alvaro Vazquez


É com extremo pesar que a CBR comunica o falecimento de Alvaro Vazquez, Secretário da Copare e árbitro nacional de seu país. 

O remo brasileiro se solidariza à família do remo uruguaio neste momento de perda e dor. Deus conforte o coração dos amigos e parentes de Alvaro.

Nota de Pesar - Alvaro Vazquez



A perda de alguém como Alvaro Vazquez é um vazio que não pode ser preenchido, mas esperamos que todos que o conheceram encontrem conforto nas lembranças e no amor compartilhado. Os nossos mais profundos pêsames

PATROCINADORES

Secretaria Especial do Esporte - Ministério da CidadaniaLei de Incentivo ao Esporte

APOIADORES DO REMO BRASILEIRO

Comitê Brasileiro de ClubesNutrigenikDietpro Rio CVB

FORNECEDORES OFICIAIS 

Swift Racing

CONFEDERAÇÃO FILIADA

Comitê Olímpico do BrasilComitê Paralímpico BrasileiroWorld Rowing Autoridade Brasileira de Controle de DopagemComitê Brasileiro de Clubes

Redes Sociais

Facebook - Confederação Brasileira de RemoConfederação Brasileira de Remo - InstagramConfederação Brasileira de Remo - TwitterYou TubeIssuu - Confederação Brasileira de RemoLinkedIn

Conf. Brasileira de Remo

SEDE RIO DE JANEIRO
Avenida Graça Aranha, 145, Sala 709
Centro, Rio de Janeiro, RJ – 20030-003
Telefone: (21) 2294-3342
Telefone: (21) 2294-0225
Celular: (21) 99198-2986  WhatsApp
Segunda a sexta, das 9h às 18h

ESCRITÓRIO FLORIANÓPOLIS
Rua Patrício Farias, 55, Sala 611
Itacorubi – Florianópolis, SC
CEP 88034-132
Telefone: (48) 3206-9128
Celular: (21) 99118-4620
Segunda a sexta, das 9h às 18h