Remo Brasil

SITE OFICIAL DA CONFEDERAÇÃO
BRASILEIRA DE REMO

Remo Nacional

Longe da água, técnicos de remo enfrentam novos desafios

Enquanto os remadores aguardam com ansiedade o fim do isolamento social e o retorno aos barcos, os técnicos de remo enfrentam um grande desafio: manter seus atletas em atividade e motivados durante o período de treinos a distância. Com o cancelamento das regatas e sem uma previsão para retorno, o momento exige muita criatividade e disciplina de todos.

Paulo Vinícius de Souza, treinador do Botafogo (RJ), orientando seus atletas durante o Brasileiro de Barcos Longos de 2019
Paulo Vinícius de Souza (Botafogo, RJ) orientando seus atletas durante o Barcos Longos 2019

A CBR conversou com dez técnicos do Pará, Paraná, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e São Paulo, para entender como eles estão lidando com este momento e identificar boas práticas que podem ser seguidas. Também compartilhamos alguns links com conteúdo para auxiliar no planejamento das atividades.



Comunicação com Atletas

Este é um momento novo, para o qual nenhum clube estava preparado, por isso será preciso testar várias alternativas até encontrar a melhor forma de comunicação entre treinadores e atletas. Para quem comanda uma equipe Júnior, os próprios remadores podem sugerir novas ferramentas digitais que contribuam na formatação dos treinos em casa.

Marco Moreira Martins, treinador do Martinelli (SC), utiliza os grupos de WhatsApp do clube para receber os resultados dos atletas e manter o controle do treinamento. “Os atletas para os quais disponibilizamos o remoergômetro ganharam um voto de confiança do clube, por isso eles tem a obrigação de cumprir todo o planejamento. Eles tem participado ativamente e têm apresentado bons resultados pelo que pode ser verificado nos resultados do remoergômetro que recebemos”, explica o técnico catarinense.

Imagens da transmissão de treinos no Instagram realizada regularmente pelo Martinelli (SC)
Imagens da transmissão de treinos no Instagram realizada regularmente pelo Martinelli (SC)

A disponibilidade de internet precisa ser levada em conta ao planejar os treinos a distância. Se a qualidade do sinal disponível não for boa, a realização de treinos online fica prejudicada. Flamengo (RJ), Corinthians (SP) e Martinelli (SC) tem realizado treinos em grupo online, já Capibaribe (PE), Pinheiros (SP) e Grêmio Náutico União (RS) optaram pelo envio de planilhas aos atletas. Nas aulas online do Flamengo (RJ), o treinador Edson Salles costuma convidar medalhistas e atletas de outros estados para participar dos treinos e aumentar a motivação.

O Coordenador Técnico da CBR, Marcello Varriale, sugere utilizar este momento para integrar as diversas categorias de remadores nos clubes, incluindo desde os remadores de escolinha até os atletas Máster nas sessões virtuais de treinamento. “Estas ações são importantes para manter o vínculo e a identificação de todos os praticantes durante o isolamento.”



Troca de Conhecimento entre Treinadores

Com mais tempo livre, este é um bom momento para manter-se em contato com outros treinadores (inclusive de outros esportes) para refletir sobre quais aspectos do seu método de treinamento podem ser melhorados. Como estão os treinos durante o isolamento? Como cada treinador está se mantendo incentivado? Que atividades estão tendo bons resultados?

Alguns treinadores tem aproveitado este período para compartilhar conhecimento sobre o remo. A treinadora Letícia Muziol, do Corinthians (SP), utiliza o Instagram para fazer entrevistas com profissionais do esporte. Na primeira semana de abril, ela fez cinco lives discutindo fisiologia, equipes, motivação pessoal e relação entre treinador e atletas.

Letícia Muziol, treinadora do Corinthians (SP) conversa com e Roque Zimmermann, do América (SC)
Letícia Muziol, treinadora do Corinthians (SP) conversa com e Roque Zimmermann, do América (SC)

É o mesmo caso dos treinadores Luiz Felipe Silva, do Sport Club de Natal (RN), e Pedro Ricardo Ferreira, do Náutico Capibaribe (PE), que se juntaram para fazer no final de março uma live trocando informações sobre treinamento e iniciação esportiva no remo. Ambos os técnicos focaram seus estudos acadêmicos no remo, incentivando o esporte na região.



Mantendo a Motivação em Alta

A principal dificuldade relatada pelos técnicos foi o distanciamento físico das equipes. É comum os atletas sentirem-se cansados de treinar sempre em casa, pois torna a prática repetitiva. “Sou obrigado a mudar o treino toda semana para não haver desmotivação. Treinar sozinho é a principal dificuldade, mesmo com um remoergômetro em casa”, relata o técnico do Clube de Regatas Curitiba (PR), Stefan Genthner.

Atleta do Clube de Regatas Curitiba (PR) durante o Brasileiro de Barcos Curtos de 2019
Atleta do Clube de Regatas Curitiba (PR) durante o Brasileiro de Barcos Curtos de 2019

No Flamengo (RJ), Edson tem realizado uma troca periódica de atividades para que os atletas não percam interesse, incluindo desafios enviados pelo WhatsApp. “Temos contornado as dificuldades deste período com criatividade e positivismo”, explica o técnico rubro-negro. A ansiedade dos atletas também é outro ponto em comum em todo o país. “Os remadores estão fazendo os exercícios, mas estão muitos ansiosos para retomarem os treinos na água, querem remar mas o clube continua fechado”, explica Alex Sandres, do Clube do Remo (PA).

Para auxiliar nas questões de saúde mental, o Grêmio Náutico União (RS) disponibilizou via teleconferência o auxílio da psicóloga do clube. O treinador Manoel Hoff explica que “houve um pouco de resistência no início, mas aos poucos os atletas estão se adaptando a nova realidade e se reorganizando emocionalmente para enfrentar a quarentena. Os objetivos esportivos e pessoais também estão sendo reorganizados. O resultado em alguns casos é a resiliência! Se conseguirem passar por este período bem, podem fazer coisas muito mais relevantes, pois estarão prontos e habilitados para novos desafios.”

Marcello destaca outro ponto importante a ser trabalho neste momento: a autonomia dos atletas sobre seu próprio treinamento. O coordenador da CBR explica que “os treinadores devem utilizar o tempo para criar estratégias de acompanhamento dos treinos, ensinando também questões sobre responsabilidade e a importância da autonomia para os atletas.”



Relaxar Também é Importante

O isolamento social requer uma mudança ampla em nossa rotina, é normal que muitas pessoas estejam se sentindo ansiosas ou frustradas. Por isso, é muito importante pensar em atividades prazerosas que diminuam o tédio e a ansiedade, beneficiando a saúde mental de treinadores e atletas. Uma rotina muito rígida pode ser prejudicial neste momento.

Técnico do Vasco da Gama (RJ) realiza ajuste no barco durante o Brasileiro de Barcos Longos 2018
Técnico do Vasco da Gama (RJ) realiza ajuste no barco durante o Brasileiro de Barcos Longos 2018

“Nas três primeiras semana de isolamento, cobrei muito o resultado diário dos atletas”, explica o técnico do Botafogo (RJ), Paulo Vinícius de Souza. “Mas como o isolamento avançou acima do previsto, nas duas últimas semanas tenho feito treinos mais lúdicos, com menos cobrança de resultados e conversado com os atletas sobre técnica. Eles estão gostando de utilizar a atividade de remo para preencher o dia e não somente na busca de resultados.”

O Náutico Capibaribe (PE) aproveitou o período de isolamento social para que alguns atletas tirassem suas férias. O treinador Pedro explica que de 2019 para 2020, os atletas não tiveram o recesso que sempre acontece no final do ano, por conta das competições nacionais e regionais que começaram mais cedo nesta temporada.



Conteúdo para Treinadores de Remo

Aproveite este tempo para estudar mais sobre o remo e sobre novas metodologias de treino. No site da FISA há uma seção específica com conteúdo avançado para treinadores. A partir de 22 de abril até 12 de agosto, a página do Facebook da World Rowing irá publicar vídeos para treinadores na seção Coaches Corner.

Vídeos da seção Coaches Corner disponíveis na página do Facebook da World Rowing
Vídeos da seção Coaches Corner disponíveis na página do Facebook da World Rowing

No site da CBR, há uma seção com publicações onde está disponível o Guia de Captação de Atletas de Remo, metodologia desenvolvida pela CBR para auxiliar clubes na busca de novos alunos. Este material pode auxiliar no planejamento de ações no retorno às atividades do clube após a liberação pelos órgãos de saúde. Será um bom momento para captar novos praticantes em busca de atividade física depois de um longo período dentro de casa.

Treinadores e gestores de clubes precisam estar atentos também às recomendações dos órgãos de saúde do governo para planejar a retomada das atividades. Será preciso implantar novas rotinas e protocolos de segurança em conformidade com as regras estabelecidas por cada estado e município, garantindo a saúde de todos os atletas e profissionais envolvidos.

• Acesse as publicações oficiais da FISA para treinadores (em inglês) »
• Acompanhe no Facebook da World Rowing os vídeos do Coaches Corner »
• Confira as publicações da CBR para treinamento e captação de atletas »

Crédito das Imagens: Arquivo CBR (Sátiro Sodré)

PATROCINADORES

Secretaria Especial do Esporte - Ministério da CidadaniaLei de Incentivo ao Esporte


PARCEIROS DA SELEÇÃO BRASILEIRA DE REMO

Conforpés


APOIADORES DO REMO BRASILEIRO

Comitê Brasileiro de ClubesWorld CenterNutrigenikDietpro

CONFEDERAÇÃO FILIADA

Comitê Olímpico do BrasilComitê Paralímpico BrasileiroFISAWorld Rowing

Redes Sociais

Facebook - Confederação Brasileira de RemoConfederação Brasileira de Remo - InstagramConfederação Brasileira de Remo - TwitterYou TubeIssuu - Confederação Brasileira de RemoLinkedIn

Conf. Brasileira de Remo

SEDE RIO DE JANEIRO
Avenida Graça Aranha, 145, Sala 709
Centro, Rio de Janeiro, RJ – 20030-003
Telefone: (21) 2294-3342
Telefone: (21) 2294-0225
Celular: (21) 99198-2986  WhatsApp
Segunda a sexta, das 9h às 18h

ESCRITÓRIO FLORIANÓPOLIS
Rua Patrício Farias, 55, Sala 610
Itacorubi – Florianópolis, SC
CEP 88034-132
Telefone: (48) 3206-9128
Celular: (21) 99118-4620
Segunda a sexta, das 9h às 18h